Follow by Email

domingo, 25 de maio de 2014

Sugestao de atividades sobre a Salve Rainha para a catequese

Algumas atividades que poderao ajudar catequistas e evangelizadores de crianças a trabalharem esta oraçao com os catequizandos...

Jardim da Boa Nova

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Salve Rainha explicada

Salve, rainha, mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa! Salve!

Na oração encontramos a palavra “salve”, que expressa uma saudação a Maria, seguida pela palavra “rainha”. Esta palavra não quer dizer que Nossa Senhora é uma autoridade, alguém que está em posição elevada, mais distante, como as rainhas da terra. Maria é vida, é doçura, é esperança. Maria é aquela mãe a quem podemos procurar em todos os momentos de nossa vida, que sempre nos socorrerá com amor, com misericórdia.
 
A vós bradamos, os degredados filhos de Eva

Com essa frase você pede que Maria o auxilie. “Bradar” quer dizer pedir socorro, suplicar; e “degredados” são aqueles que não têm liberdade, que vivem afastados de sua gente, de seu país, que são oprimidos.Maria, a mãe que a Trindade nos entregou. Maria que disse “sim” a Deus.Eva, como você já deve saber, foi a mulher de Adão. Os dois formaram o primeiro casal humano criado por Deus. Como Eva deu origem a toda a humanidade, nós também, indiretamente, somos filhos dela.

A vós suspiramos, gemendo e chorando, neste vale de lágrimas.

Continuando sua prece a Maria, você diz que deseja muito o seu auxílio (suspiramos por ele). Como na Terra não estamos tão bem quanto estaríamos se estivéssemos definitivamente junto a Deus, falamos palavras tristes como “gemer”, “chorar” e “vale de lágrimas”. São as dificuldades, as dores, as tentações, que muitas vezes temos de enfrentar em nossa vida.

Eia, pois, advogada nossa,

“Eia” é uma palavra que serve para animar, para estimular, assim como quando dizemos “vamos em frente”. Maria sempre pode nos ajudar, então ela é para nós uma advogada, que nos defenderá e nos recomendará a Deus.

Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei!

Você pede, com esta frase, que Maria volte para você seus olhos cheios de piedade, graça e perdão. “Voltar (ou volver) os olhos” significa ajudar, auxiliar. Ela nos guarda e protege.

E depois deste desterro,

“Desterro” quer dizer solidão, lugar longe da pátria, isolamento. Isso significa que, aqui na Terra, ainda não conseguimos construir nossa verdadeira pátria. Assim, “depois deste desterro” é depois de vivermos aqui de forma a merecer a vida eterna; isto é, após nossa passagem da Terra para o Céu.

mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre,

Nesta frase continua nosso pedido a Nossa Senhora: que ela nos mostre e nos mantenha firmes e corajosos, seguindo sempre os ensinamentos de seu filho, Jesus.

Ó clemente, ó piedosa, ó doce, sempre Virgem Maria!

Você, ao dizer estas palavras, está se referindo às qualidades de Maria, piedosa, doce, clemente, isto é, que tem piedade, doçura e bondade.

Rogai por nós, santa mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.
 
É a oração da salve-rainha com um último pedido a Maria: que ela nos recomende ao seu Filho, Jesus. Só assim poderemos receber o que Deus nos prometeu: um lugar no seu Reino.“Amém”, palavra que aparece no final de todas as orações, significa “assim seja.
 
A Salve Rainha  é uma oração de súplica à Nossa Senhora e usa muitas expressões figurativas, manifestando a dor, a solidão das pessoas que muitas vezes estão sofrendo. A princípio, parece um tanto difícil, porque algumas de suas expressões não são empregadas com freqüência na nossa linguagem comum. A oração da salve-rainha é muito antiga. A frase que diz "ó clemente, ó piedosa, ó doce, sempre Virgem Maria!" foi escrita por são Bernardo, no século XII..

A origem da Salve Rainha

A nossa Igreja possui belas oraçoes, que ao longo da história da Igreja, fazem parte da devoçao dos católicos. Mas quantas delas recitamos de forma mecanica sem parar para prestar atençao nas palavras em que falamos ou até mesmo nao sabemos a sua origem.
 
Neste mes de maio vamos publicar a origem de uma belA oração de nossa Igreja: a Salve Rainha. 
 
Salve Rainha

Salve, Rainha, mãe de misericórdia,
vida, doçura, esperança nossa, salve.
A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando
neste vale de lágrimas.

Eia, pois, advogada nossa,
esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei,
e depois deste desterro mostrai-nos Jesus,
bendito fruto do vosso ventre,
Ó clemente, ó piedosa,
ó doce sempre Virgem Maria

V.: Rogai por nós Santa Mãe de Deus
R.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
 
Salve Rainha: Origem e História

A autoria da oração é atribuída ao monge Hermano Contracto que a teria escrito por volta de 1050, no mosteiro de Reichenan, na Alemanha. Naquela época a Europa central passava por calamidades naturais, epidemias, miséria, fome e a ameaça contínua dos povos nomades do Leste que invadissem os povoados, saqueando-os e matando.
Frei Contracto nascera raquítico e disforme, na idade adulta, andava e escrevia com dificuldade. Foi nesta situação que Frei Contracto cria esta prece, mesclando sofrimento e esperança, que é a "Salve Rainha".
Segunda da crença, quando nasceu Frei Contracto e constatarem o raquitismo e má formação do bebê, sua mãe Miltreed, consagrou-o no leito à Maria, sendo educado na devoção a ela. E, anos mais tarde, foi levado de liteira, por ser deficiente físico, até o mosteiro de Reichenan, onde com o tempo chegou a ser mestre dos noviços.
Quando veio a ser conhecida pelos fiéis, a "Salve Rainha" teve um sucesso enorme, e logo era rezada e cantada em muitos locais. Um século mais tarde, ela foi cantada também na catedral de Espira, por ocasião de um encontro de personalidades importantes, entre elas, a do imperador Conrado III e São Bernardo, conhecido como o "cantor da Virgem Maria", ele que foi um dos primeiros a chamá-la de "Nossa Senhora". Dizem que foi nesse dia e lugar que, ao concluir o canto da "Salve Rainha", cujas últimas palavras eram "mostrai-nos Jesus, o bendito fruto do vosso ventre", no silêncio que se seguiu, São Bernardo que gritou sozinho no meio da catedral: "Ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria"... E a partir dessa data estas palavras foram incorporadas à "Salve Rainha" original.
Atualmente uma multidão incontável de fiéis tem se identificado como os sentimentos que ela expressa, vivendo desde sua aflição à esperança e fé em Maria.