Follow by Email

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Celebração em preparação á crisma


Nos dias que antecederam a crisma realizamos com os crismandos e familiares/ padrinhos uma celebração em preparação à crisma. Foi um momento forte de oração e cheio de simbolismo. Foi muito legal!
 
 
Mantra: Oh luz  do Senhor que vem sobre a terra, inunda meu ser permanece em nós! (2X)
Acolhida
Invocação á Santíssima Trindade cantando
Catequista: Vamos rezar este salmo pedindo que o Espírito Santo venha sobre nós e habite este lugar:
Ref: Enviai o vosso Espírito Senhor! Enviai o vosso Espírito Senhor! E da terra toda a face renovai! E da terra toda a face renovai!
O minh`alma bendize ao Senhor: "O Deus grande em poder e amor, o esplendor de tua glória reluz o céu e teu manto de luz".
Firme e sólida a terra fundastes, com o azul do oceano a enfeitastes! E rebentam tuas fontes nos vales, correm as águas e cantam as aves.  
Lá  do alto céu, tu regas os campos, cresce a relva e os viventes se fartam. De tuas obras a terra enchestes, toda belas e sábias fizeste.
Se escondes tua face, todos se apavoram. Se lhes retiras o ar, já se enterram; teu Espírito sopra, todas as coisas renovas na terra!
Recordação da vida- Recordar a caminhada dos crismandos na catequese até chegar no momento de receber a crisma.
1º momento- Batismo fonte de graça e vida-convidar os participantes a uma recordação de elementos importantes do batismo: local da celebração, padrinhos, padre, símbolos do batismo, rito do batismo.( no máximo 20 minutos de partilha)
Palavra de Deus-
Aclamação ao Evangelho
Texto bíblico: João 14,15-20 (silêncio; meditação; partilha)
2º Rito da crisma- mostrar para os participantes o rito da crisma .( no máximo 20 minutos)
Renovação das promessas do batismo- renovamos a nossa intenção de ser de Cristo, pois o Batismo confirma a conversão e nos compromete , homem-novo, com Jesus e o seu Reino.
Imposição das mãos- este é um gesto sacramental muito antigo. Este gesto é reconhecido pela tradição católica como a origem do sacramento da Crisma, que dá continuidade à Pentecostes.
Unção do óleo- sinal de consagração. O cristão deve manifestar por todos os locais que passam o bom "perfume"de Cristo. A unção com óleo perfumado recorda o dom do Espiríto Santo aos crismandos, que se torna um cristão maduro na fé, pronto para exercer sua missão , dando testemunho de Cristo.
Música: Sim eu quero que a luz de Deus que em dia em mim brilhou...
 
3º momento- Oração pedindo o dom do Espírito Santo ( neste momento acender 07 velas e cada vela será colocada por um crismando próximo a uma faixa com um dom)

Animador: Peçamos ao Espírito Santo que venha nos iluminar com seus dons, cantando:

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor : O dom da sabedoria é o dom do conhecimento de Deus. O Espírito Santo nos faz sábios para conhecer o amor de Deus e experimentar a sua bondade. A sabedoria divina não se compara a sabedoria humana. Para consegui-la não é necessário ter diploma. È preciso ter um coração puro e verdadeiro.

Todos: Senhor daí-nos sabedoria para fazermos a vossa vontade para vivermos em paz e harmonia, saboreando a vossa vontade.

Leitor : O dom do entendimento é o dom da descoberta da vontade de Deus no dia-a-dia de nossa vida. Compreendendo sempre melhor a Palavra de Deus e os ensinamentos da Igreja, vamos entendo com clareza as situações difíceis que nos envolvem e nos impulsionam a lutar por condições de vida mais dignas e justas para todos em nossa sociedade e em nossa comunidade.

Todos: Senhor daí-nos entendimento e compreensão de vivência cristã, para juntarmos os nossos talentos e construirmos um novo amanhã.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor : O dom da ciência é o dom de discernirmos entre o bem e o mal, levando-nos a perceber a salvação que nos vem do Pai, pelo Filho, no Espírito Santo. O dom da ciência nos faz ver e encontrar Deus em tudo que existe. Por meio das coisas criadas, chegamos ao conhecimento e ao amor do Criador, que nos chama viver em comunidade.

Todos: Senhor, daí-nos sempre ciência, em nossas mentes descei vossa luz, para entendermos o amor - providência que tudo rege, preserva e conduz.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor : O dom do conselho é o dom do Espírito Santo que nos ajuda e orienta nas diversas situações da vida, mostrando-nos o melhor caminho a seguir, de acordo com a vontade de Deus. Acolhendo esse dom tornamo-nos novas criaturas e colaboramos, no anuncio do Reino. Por meio da participação na comunidade, dialogando fraternalmente com os irmãos, buscando soluções melhores para os problemas e animando aqueles que estão desanimados.

Todos: Senhor daí-nos o vosso conselho, seja a verdade melhor compreendida. Que nos busquemos no Santo Evangelho, vossa mensagem de amor e de vida.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor - O dom da fortaleza é o dom de perseverar no caminho de bem resistir às tentações sem desanimar. Em nossa vida, em nossas comunidades e em nossa sociedade, precisamos ser fortes para não sermos vencidos por ele. O Espírito nos comunica sua força, que nos permite passar por todos os sacrifícios e compromissos, assumindo-os com firmeza, segurança e alegria.

Todos: Senhor daí-nos a fortaleza, que nos conserva no vosso caminho. Que vossa força sustente a fraqueza, transforme a flor a maldade do espinho.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor- O dom da piedade é o dom de entregar-se a Deus e aos outros que precisam de nós, com misericórdia, gosto e alegria. Ter o dom da piedade não é ter pena de alguém, mas sim é ter um coração dócil a Deus. Ter o dom da piedade é cultivar com profundidade a oração e, por meio dela, compreender melhor o projeto de Deus para nós e para o povo, a fim de lançarmos em novas iniciativas cristãs. Pelo dom da piedade mostramos que a nossa comunhão com Deus se traduz em vida de amor para os irmãos.

Todos: Senhor, daí-nos a santa piedade para aprendemos a vos invocar. Os que confiam no vosso reino e na vossa bondade terão seu lugar.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Leitor - O dom do temor de Deus não significa ter medo de Deus. O dom do temor de Deus caminha pela estrada do respeito para com Deus, reconhecendo-nos como suas criaturas e evitando-nos separar dele pelo pecado. É o temos de entristecermos o Pai, não correspondendo ao seu amor, ou ofende-lo no irmão. Por isso conscientes de nossas fraquezas, buscamos a vida da graça, que nos leva a amar ao próximo, sabendo perdoa-lhe sempre, como gostaríamos de ser perdoados.

Todos: Senhor, daí-nos o dom do temor que nos conduz ao respeito por vós. Não seja medo, mas fale do amor que desde sempre pusestes em nós.

Refrão: Vem Espírito Santo vem! Vem iluminar! (bis)

Rito do envio ( neste momento o catequista lava os pés do catequizando mostrando que o Reino de Deus é um reino de serviço a Deus na pessoa do irmão. Após a lavagem dos pés um outro catequista acolhe o crismando com um abraço e coloca um crucifixo em seu peito mostrando que o distintivo do cristão é a cruz)

Unção com óleo perfumado: Quando vocês forem ser crismados o bispo marcará a sua fronte com o óleo do crisma. Foi-nos dada uma missão: pelo bom exemplo, o “bom perfume” do amor, testemunhar Cristo aos nossos irmãos. Vamos assumir esse compromisso com entusiasmo e alegria.
( Envio dos crismandos)
Oração final: Senhor Jesus nós te agradecemos a estrada que percorremos juntos. Guiados pelo Espírito Santo, vamos no domingo confirmar o nosso batismo. Queremos nos comprometer a seguir suas pegadas, para conhecer e amar mais o teu Pai e os nossos irmãos. Que esta mesa de amizade, fruto da nossa partilha, nos ensine a viver como irmãos e amigos e a ser luz do mundo e sal da terra. Dá-nos tuas bênçãos. Amém.
Oração: Pai-nosso de mãos dadas (encerra-se com uma música a escolha)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário