Follow by Email

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Quaresma- tempo de graça

 Quaresma- tempo privilegiado para intensificar o caminho da própria conversão . Este caminho supõe cooperar com a graça, para dar morte ao homem velho que atua em nós. Trata-se de romper com o pecado que habita em nossos corações, nos afastar de todo aquilo que nos separa do Plano de Deus, e, por conseguinte, de nossa felicidade e realização pessoal.


 



A Quaresma é um tempo de graça, um verdadeiro Kairós, tempo da manifestação de Deus. Este tempo tem como característica duas realidades muito importantes:
 
1. Olhar para Jesus;
2. Conversão.
 
Somos chamados neste período quaresmal a olhar para Jesus em seus últimos momentos de vida e aprender com Ele o amor e a misericórdia. Jesus, por muitas vezes, anunciou que o Filho do Homem deveria sofrer, ser rejeitado e morto, mas que ressuscitaria. Vemos neste anúncio a disposição de Jesus em fazer a vontade de seu Pai e dar a sua própria vida para resgatar a humanidade. Esse olhar para Jesus requer de cada um de nós a sincera conversão e adesão ao Projeto de Deus. É o caminho da "subida" , não só para Jerusalém, mas até o mais  alto do grau do amor que concretiza na cruz.
Quaresma é também tempo de conversão de revermos a nossa vida e mudarmos atitudes que não condiz com as atitudes cristãs. Tudo neste tempo concorre para esta atitude: liturgia, cânticos e orações. É tempo de olhar para tudo que temos vivido e como temos vivido.
A Quaresma é tempo de ouvir com melhor disposição o apelo que Deus nos faz para sermos mais generosos, mais santos, mais fiéis ao compromisso de nosso Batismo. Portanto, quaresma é tempo de revisão de vida , de penitência, de reconhecer com humildade e confiança, onde estão nossas deficiências e buscar o perdão e a força de Deus. Podemos fazer isso na tranquila esperança que vem da fé e no amor de Deus, que sempre chama, ajuda, perdoa e faz crescer. 
 
 


 Para maiores informações sobre este tempo precioso da Igreja acesse o link abaixo:

Catequizandoamor. quaresma

Nenhum comentário:

Postar um comentário