Follow by Email

quinta-feira, 17 de abril de 2014

A liturgia da semana santa- missa da ceia do Senhor


Com a Missa da Ceia do Senhor, celebrada na tarde ou noite quinta-feira, a Igreja da inicio ao Tríduo Pascal e comemora a ultima ceia.
A quinta-feira na Ceia do Senhor caracteriza-se pela " entrega" do Senhor Jesus. O Senhor é entregue por Judas, prenuncia sua entrega ao Pai e se entrega no sacrossanto Mistério da Eucaristia.
Jesus na noite em que foi traído, ofereceu a Deus Pai o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou para os apóstolos para que o tomassem, mandando também oferecer ao seus sucessores.
Esta noite vem caracterizada pelo Novo Mandamento, o Mandamento do amor, a instituição do novo Mandamento através do rito do lava-pés. São quatro os mistérios celebrados nesta noite santa- a instituição do Novo mandamento, a eucaristia, o ministério sacerdotal e o dom da Igreja.
No centro encontra-se a caridade- " Onde o amor e a caridade, Deus esta", canta a Igreja na missa da Ceia do Senhor. A serviço do Amor é  a expressão maior do amor, temos a Eucaristia, realização sacramental da caridade. A serviço da vida eucarística e do amor, eis o mistério sacerdotal. Finalmente temos os sacramentos todos, dos quais vive toda a igreja, e o próprio mistério da Igreja. Nesta noite a Igreja celebra a vocação profética, sacerdotal e real de todos os cristãos.
Durante a celebração da santa missa acontece também a cerimonia do lava-pés, que lembra o gesto de Jesus ao lavar os pés dos discípulos. Este é um gesto de humildade e de santidade, um exemplo para os discípulos e para toda a Igreja " Eu vim para servir".
No final da missa é feita a Procissão do translado do Santíssimo Sacramento do altar-mor da igreja para uma capela, onde se tem o costume de fazer a adoração do Santíssimo durante alguns momentos. Após a missa o altar é desnudado, símbolo do Cristo aniquilado, despojado, flagelado e morto pelo pecado da humanidade.
O Senhor se entrega e quer permanecer como alimento na Eucaristia. Com a Eucaristia tem inicio a comemoração da entrega do Senhor. A Igreja acompanha solidaria, o Cristo que reza e sofre no Getsemani, que se confia ao Pai, é traído e entregue por cada um de nos.
É impossível separar a Eucaristia do amor fraterno. A entrega de Jesus na Eucaristia e a seu gesto de lavar os pés dos discípulos pede de cada a cristão a mesma atitude de se por a serviço do irmão, principalmente aquele mais necessitado.


" Se eu, Senhor e mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Dei-vos o exemplo, para que façais a mesma coisa que eu fiz” (Jo 13, 13-15).



Nenhum comentário:

Postar um comentário