Follow by Email

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Sem oração a vida se converte em ativismo que sufoca e não satisfaz


Essas são palavras de nosso Pastor Bento XVI que explicou que sem oração  a alma se converte em um mero ativismo que sufoca e não satisfaz impedindo  ver a realidade  com olhos novos.


Sem oração cotidiana vivida com fidelidade, o nosso fazer se esvazia, perde o sentido profundo , se reduz a um ativismo que no final nos deixa insatisfeitos. Cada ação, cada passo de nossa vida, também na Igreja, deve ser feita diante de Deus, à luz da Palavra.
A oração alimentada pela Palavra de Deus, nos faz ver a realidade com olhos novos, com olhos da fé e o Senhor , que fala à mente e ao coração, dá à luz indicando o caminho certo a seguir.
" Se os pulmões da oração e da Palavra de Deus não alimentam a respiração da nossa vida espiritual, sofremos o risco de nos sufocamos em meio à mil coisas de todos os dias: a oração é a respiração da alma e do espírito" afirma Bento XVI. 



Quando oramos em uma Igreja ou no silêncio de nosso quarto estamos unidos no Senhor a tantos irmãos e irmãs na fé, como uma junção de instrumentos, que apesar da individualidade de cada um, elevam a uma única grande sinfonia de intercessão, de agradecimento e de louvor.
Bento XVI recordou que os santos também experimentaram uma profunda unidade na vida da oração com a ação, entre o amor total a Deus e aos irmãos. São Bernardo que é modelo de harmonia entre contemplação e operosidade insiste em seu livro De Consideratione sobre a importância do recolhimento interior , da oração para defender-se dos perigos de uma atividade excessiva, qualquer que seja a condição na qual se encontra a tarefa que está se desenvolvendo. Diz São Bernardo " a demasiada ocupação, uma vida frenética acabam induzindo o coração e faz sofrer o espírito". 


Portanto, paremos em nosso ativismo e nos dediquemos à oração, que é para nós um refrigério para a alma em meio as nossas lutas e combates diários.

Por essa razão, desde o dia em que o ouvimos, não deixamos de orar por vocês e de pedir que sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a sabedoria e entendimento espiritual”. Colossenses 1,9.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário