Follow by Email

domingo, 25 de dezembro de 2011

Encontro com os pais da Primeira Eucaristia


Vivência da Eucaristia como sacramento de amor

1-    Acolhida: Os participantes são acolhidos na porta e gentilmente são acomodados nas cadeiras colocadas em círculos. Todos se cumprimentam em um clima de alegria e fraternidade.

2-    Mantra: Onde reina o amor, fraterno amor, onde reina o amor, Deus aí está!

3-    Motivação: Com poucas palavras, o animador faz a proposta da celebração- reza experiências cotidianas de amor, à luz da Palavra de Deus e do testemunho  de Cristo na última ceia e aprofundar o sentido da Eucaristia como sacramento do amor. Conservar um fundo musical.

4-    Recordação da vida
a)     Nossa vida: Sugerir aos participantes que , em silêncio, recordem bonitas experiências de amor, realizadas em família, na vida comunitária e social. Em seguida, partilhar algumas delas em dupla.
b)    Lembrar a vida de Jesus:  Lembrar alguns momentos significativos da vida de Jesus que revelam o amor infinito de Deus pelo ser humano (milagres, curas, encontros especiais)
c)     Partilha: Dar  oportunidade para que alguns partilhem suas experiências e, num segundo momento, citem fatos da vida de Cristo que mais chamaram atenção.

5-    Escuta da Palavra
Canto: Tua Palavra é lâmpada para os meus pés Senhor/ Tua Palavra é lâmpada para os meus pés Senhor/ Lâmpada para os meus pés Senhor, luz para o meu caminho, lâmpada para os meus pés Senhor luz para os meus caminhos.
Texto bíblico: João 13,1-17.34-35

Silêncio-meditação e partilha

6-    Reflexão dirigida
O animador, acolhendo as idéias dos participantes da celebração, ajude o grupo a perceber a profunda ligação existente entre a vida de Jesus e o sacramento da eucaristia, sacramento de amor.

7-    O sinal do pão
(Durante o canto o pão é trazido até a frente)
Ó Senhor, nós estamos aqui,/ junto à mesa da celebração,/simplesmente atraídos por Vós,/ desejamos formar comunhão!
Refrão: Igualdade, fraternidade,/ nesta mesa nos ensinais  /As lições que melhor educam, na Eucaristia é que nos dais! (bis)
Todos cantam o vosso louvor/ pois em vós todos somos irmãos/ Ouviremos com fé, ó Senhor , os apelos da libertação.
 Este encontro convosco, Senhor,/ incentiva a justiça e a paz;/ nos inquieta e convida a sentir/ os apelos que o pobre nos faz.
8-Salmo 133(132)
Refrão: Oi que prazer, que alegria o nosso encontro de irmãos. (bis)
·        O óleo que nos consagra que ungiu teu servo Aarão. É como um banho perfumado, gostosa é a nossa união.
·        Orvalho de alta montanha, que desce sobre Sião. Sereno da madrugada, gostosa é a nossa união.
·        Ao Deus nosso amado, glória e louvação! No amor da Santa Trindade, gostosa é a nossa união!

8-    Partilha do pão e compromisso eucarístico
O pão é repartido entre todos. Com um pedaço na mão, cada um é convidado a fazer, em silêncio ou em voz alta, seu compromisso com a Eucaristia. Como queremos viver o nosso compromisso com Jesus e levar filhos e afilhados com o exemplo a se comprometer com a Eucaristia.

9-    Conclusão e abraço da paz
·        Deus de amor, que nos abençoa e nos alimenta com o Pão da vida, esteja conosco! Amém!
·        Louvado seja o nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Em preparação à Primeira Eucaristia dos catequizandos da Comunidade de Santo Antônio esta celebração foi realizada com os pais e padrinhos. Refletimos sobre o sentido da Eucaristia e o compromisso do cristão que recebe Jesus na comunhão. Falamos também sobre a responsabilidade de pais e padrinhos e aproveitamos para conscientizar os pais sobre a verdadeira função da Catequese- formar na fé e não somente preparar para Sacramento.






Nenhum comentário:

Postar um comentário