Follow by Email

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Jesus vai voltar- mais sugestões



Mais sugestões de como falar da volta de Jesus para os catequizandos

Na turma da Iniciação I (4 a 6 anos) as catequistas Fatinha e Cássia  utilizaram um apito como símbolo:
A catequista na motivação perguntou aos catequizandos para que servia o apito: na partida de futebol, o guarda de trânsito usa para organizar o trânsito, o vigia noturno usa para dá algum alerta- estas foram algumas respostas que as crianças deram.
O catequista falou: o apito serve para sinalizar, o seu som faz com que os motoristas fiquem alertas e sigam a rota certa sem bater; no futebol ele avisa do início e final da partida e para o guarda noturno se ele ver ou ouvir algo estranho ele sinaliza para o outro vigia que algo está acontecendo. Agora vamos combinar algo: durante o encontro sempre que eu apitar, emitir este sinal, vocês vão falar: vem Senhor Jesus.Vocês deverão ficar alerta e não deixar esse sinal passar despercebido.
(Durante todo o encontro o catequista foi apitando e as crianças falavam - Vem Senhor Jesus)


Neste encontro o catequista trabalhou com as crianças a atitude que devemos ter de vigilância, de ficar atento e acolher Jesus em nosso coração sempre.

Para falar sobre a volta de Jesus a catequista Cínthia, na turma da Eucaristia Encontro com Cristo- 1ª etapa utilizou como recurso para o pretexto um teatro de fantoche  .






 Teatro de fantoche

MARCELA: Nossa Gabi,você mora numa mansão! Um dia eu quero morar numa casa dessas de frente para o mar, com piscina, sala de jogos e tudo mais.
GABI: Realmente, minha casa é muito bonita e grande.É muito bom chamar os amigos para brincar aqui em casa, mas a sua casa não é assim?
MARCELA: Não minha casa é pequena, não tem banheira, piscina só de plástico e eu divido o quarto com meu irmão. A minha televisão não tem controle remoto e ás vezes pega chuviscando.
GABI: Sério, eu não sabia que ainda existia casas assim!
MARCELA: Você não quer ir lá em casa conhecer a minha casa?
GABI: Não vai dá, minha mãe não permite eu visitar casas assimtão simples!
MARCELA: Vamos lá em casa para brincarmos com minha boneca de pano feita pela minha vó!
GABI: Não insista, mas se você quiser podemos ficar aqui casa e nadarmos na piscina, jogar video game. Vai ser legal, você que ir Bruno?
BRUNO: Bem pode ser....
MARCELA: Você está tão quietinho Bruno, o que foi?
BRUNO: Eu estava ouvindo a conversa de vocês e pensando numa casa muito melhor que a da Gabi.
GABI: A casa de quem, a sua?
BRUNO: Não a que eu vou morar?
MARCELA: Você vai se mudar?
BRUNO: Todos os que amam a Jesus, aceita que Ele more no coração e que faz o que Ele fez este vai morar nesta linda casa?
GABI: E onde fica esta casa?
BRUNO: Esta casa fica no céu, um lugar lindo que Jesus ainda está preparando para nós. Essa casa ainda não está pronta, mas vai ficar! E quando estiver tudo prontinho, arrumadinho Jesus vai voltar para nos buscar para morar juntinho dele.
GABI: Mas quando Ele vem?
BRUNO: Ninguém sabe, Ele não marcou nem dia nem hora. Mas temos que a cada dia procurarmos estar pronto para esse grande dia!
MARCELA: Mas se estivermos de pijama dormindo ou tomando banho?
BRUNO: Mas está pronto, não é com roupa de sair, estar pronto é buscar a santidade, tentando a cada dia fazer a vontade de Deus e fugir do pecado.
MARCELA: Mas como Ele vem? De limusine? Num carro super luxuoso? Ele é Rei tem muito dinheiro!
BRUNO: Não Marcela Ele vai volta nas nuvens lá do céu... será um dia glorioso!
MARCELA: Estou ansiosa por este dia e enquanto Ele não vem vou viver como Jesus viveu fazendo o bem e amando a todos!
GABI: Eu também. E a partir de hoje eu quero ser humilde e deixar de humilhar as pessoas só porque não são ricas. Aprendi que todas as pessoas são preciosas para Deus e só em Deus que podemos encontrar tudo o que precisamos: amor, carinho, paz.
BRUNO: E na graça de Deus um dia estaremos todos juntinhos no céu com nosso amigo melhor : Jesus.


Na turma de Iniciação III (8 anos) a catequista Flávia utilizou como símbolo do encontro um mapa.

  • No momento da motivação do encontro a catequista perguntou o que é necessário para se chegar a um lugar sem se perder? Que forma nós usamos para traçar um caminho? (após as crianças falarem pedir a elas que tracem o trajeto de sua casa até a catequese- após elas traçarem peçam que apresente este trajeto oralmente)
  • Perguntar as crianças se elas conseguem traçar um mapa para chegar ao céu. De que forma elas fariam este mapa? Nós seríamos  capazes de chegar ao céu sozinhos? Jesus fez uma linda promessa para nós e no encontro de hoje iremos meditar sobre esta linda promessa de amor de Jesus para nós.
( A catequista realizou os demais passos do encontro da leitura orante e no momento do pretexto ela contou para as crianças a história da morada no céu- já postada na primeira sugestão de encontro- e depois montou com as crianças o mapa para o céu colocando neste mapa atitudes e posturas que nos ajudariam a alcançar a morada que Jesus prepara para nós- o céu)

 Nesta turma a catequista procurou meditar com os catequizandos as atitudes de fé e de adesão a Jesus que devemos ter ( humildade, perdão, amor ao próximo, fé, obediência etc.) para se chegar as moradas que Jesus prepara para cada um de nós.


Na turma da Perseverança na fé ( 11 a 13 anos) a catequista Fatinha enfatizou no encontro a atitude de vigilânca e de que forma podemos aproveitar o nosso tempo até que Jesus volte. Ela pediu aos catequizandos que listassem atividades que poderiam fazer enquanto esperam Jesus e passatempos que os distraem da vigilância. Depois foi montado um cartaz com estas atitudes e os catequizandos anotou em seu caderno para que não esquecessem.
Compromisso proposto para este encontro: Estou tendo atitude de vigilância ou estou me deixando levar por atitudes que não agradam a Deus? Procure ocupar seu tempo com atitudes que te aproximem mais de Deus, pois não sabemos nem o dia nem a hora só sabemos que um dia Ele vem.

 Vigiar é a ordem de Jesus, porque não sabemos nem o dia nem a hora mas somente que um dia Ele vem ou que nos vamos para Ele... não seja surpreendido esteja preparado! Esta foi a mensagem central deste encontro.






Nenhum comentário:

Postar um comentário