Follow by Email

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Maria- Dogma da Imaculada Conceição



Em 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX declarava "Dogma de Fé" a doutrina que ensina ter sido a Mãe de Deus concebida sem mancha por um especial privilégio divino. Na Bula “Ineffabilis Deus”, o Sumo Pontífice afirma:

“Nós declaramos, decretamos e definimos que a doutrina segundo a qual, por uma graça e um especial privilégio de Deus Todo Poderoso e em virtude dos méritos de Jesus Cristo, salvador do gênero humano, a bem-aventurada Virgem Maria foi preservada de toda a mancha do pecado original no primeiro instante de sua conceição, foi revelada por Deus e deve, por conseguinte, ser crida firmemente e constantemente por todos os fiéis”.

Deus quis preparar para seu filho uma digna habitação. Maria então foi  concebida sem mancha, pura, livre do pecado original. Assim como o próprio anjo anunciou no momento do anúncio- Ave, cheia de graça, o Senhor é convosco- Maria no ventre de sua mãe foi conservada sem mácula. Foi o próprio Deus que concedeu a ela o mérito de participar de seu projeto, permitindo que nascesse de pais pecadores mas que permanecesse livre de todo o pecado.
O dogma da Imaculada Conceição de Maria é um dos dogmas mais queridos ao coração do povo cristão. Reconhecemos nele a pureza e a santidade de Maria.
A festa da Imaculada Conceição foi incluida no calendário romano em 1476; em 1570 foi confirmada e formalizada pelo Papa Pio V e no século XVIII tornou-se obrigatória para todos os cristãos- este dia é considerado dia santo de guarda.

Com este dogma de fé aprendemos que Maria foi concebida sem mancha, por isso a chamamos de bem-aventurada, cheia de graça, lírio da inocência. Maria foi a primeira a receber a plenitude da benção de Deus, por merito de seu filho Jesus  e que se  manifestou na morte e na ressurreição, para a redenção da humanidade que crê e segue os ensinamentos de Jesus. 

Este é um dia de festa para a nossa Igreja e para a nossa Paróquia que tem como padroeira a Imaculada Conceição.



Oração a Nossa Senhora da Conceição



Nenhum comentário:

Postar um comentário