Follow by Email

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Solenidade de todos os santos

No mês de novembro a Igreja celebra a festividade de todos os santos. Os Santos são homens e mulheres que  se comprometeram com Deus Pai, com o Seu Reino de Bondade, de Justiça e de Amor, e, em nome Jesus Cristo, se comprometeram, também de maneira radical, com os seus semelhantes.Ao contrário do que imaginamos na Solenidade de todos os santos a Igreja não celebra apenas a santidade dos cristãos que se encontra no Céu , mas sim de todos os Cristãos que lutam para viver a santidade em sua vida, ou seja , viver a vocação universal de todos para a felicidade eterna."Todos os fiéis cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. Todos são chamados à santidade: 'Deveis ser perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito' "(Mt 5,48) (CIC 2013).



Os santos são exemplo de vida para nós, de pessoas que procuraram em sua vida imitar a Jesus. Os santos  merecem nossa imitação, pois foram adolescentes, jovens, homens casados, mães de família, operários, empregados, patrões, sacerdotes, pobres mendigos, profissionais, militares ou religiosos que se tornaram um sinal do que o Espírito Santo pode fazer num ser humano que se decide a viver o Evangelho que atua na Igreja e na sociedade.
A Solenidade de todos os Santos foi estabelecida oficialmento no século sétimo pelo  Papa Bonifácio IV.Originalmente, os cristãos dedicavam o 13 de maio ao Dia de Todos os Santos. Porém, no século VIII, o Papa Gregório III o mudou para dia 1º de novembro.Na Solenidade de todos os santos  todo o Povo Cristão é convidado a entrar em comunhão com Deus e com todo o Homem de boa vontade.
Todos nós somos chamados a Santidade.Muitos de nós confudimos santidade com perfeição. Santidade é diferente de perfeição, porque quando formos perfeitos seremos igual a Deus. Dom Bosco, um grande santo da Igreja Católica nos ensina o que é preciso para ser santo: para ser santo é preciso estar sempre alegre, fazer o bem para todos e fugir do pecado. E aí, você quer ser santo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário